Tribunal de Justiça finaliza virtualização de processos administrativos

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) já concluiu a virtualização de todos os processos administrativos. Em solenidade, realizada na manhã desta quarta-feira (15), o presidente Washington Luiz Damasceno Freitas destacou a importância da implantação do sistema para melhorias na prestação jurisdicional.

“Vencemos mais um obstáculo e avançamos para uma nova fase. Até o final do ano pretendemos virtualizar também todos os processos jurisdicionais. A conclusão deste projeto é um divisor de águas para uma melhor prestação jurisdicional no estado”, afirmou.

A virtualização dos processos administrativos do TJ/AL começou em janeiro de 2015, por meio do Sistema Administrativo Integrado. Essa iniciativa integra as ações dos setores tornando a administração do Judiciário mais célere, além de gerar economia com redução considerável do uso do papel e com o deslocamento de documentos físicos.

“Estamos muito felizes em concretizar mais uma ação em prol do desenvolvimento eficaz da Justiça. Por meio da virtualização, a comunicação se torna em tempo real e além da  celeridade, apresenta uma economia financeira para o Tribunal”, ressaltou o coordenador da comissão de informática e virtualização do TJ/AL, desembargador Fernando Tourinho de Omena Souza.

O diretor adjunto de Tecnologia da Informação do TJ/AL, José Baptista dos Santos Neto, explica que a implantação do sistema já gerou a economia às contas do TJ/AL.“Durante o período de treinamento em cada setor, mais de 110 mil folhas deixaram de ser utilizadas pelos servidores, gerando assim uma economia notável de 15 mil reais”, disse.

Ainda durante a cerimônia, Washington Luiz assinou um ato normativo retirando do ar, no próximo dia 4 de julho, o antigo Sistema de Controle Processual Administrativo (Sisproad), que será substituído pelo Sistema Administrativo Integrado. O ato será publicado no Diário da Justiça Eletrônico desta quinta-feira (16).